setPostViews(get_the_ID());

Eventos

Quíron no GovJam

Quíron no GovJam

Ontem, dia 17 de maio, aconteceu em Curitiba o GovJam, um evento global onde se encoraja a experimentação, novas ideias e novos contatos para o desenvolvimento de soluções inovadoras aos órgãos públicos. Um Jam é um conjunto de pessoas interessadas em melhoria e inovação e o Gov é pelo propósito de reunir sociedade civil e representantes de órgãos públicos para cocriar soluções às iniciativas públicas.

Neste ano, o desafio local, apresentado pela Prefeitura e o Governo do Estado, é trabalhar propostas para reduzir o número de mortes por violência entre jovens de 15 a 29 anos em Curitiba e Região Metropolitana. Por isso, os grupos eram formados por funcionários públicos vinculados às áreas de juventude da cidade e do estado, e designers, urbanistas, programadores, e cidadãos interessados em ajudar e debater por mais de dez horas o aperfeiçoamento de ações já existentes ou o desenvolvimento de novos projetos na área. Ao final do evento, os desafios e soluções foram compartilhados mundialmente com os outros países envolvidos no Global Gov Jam.

Em razão dos trabalhos serem direcionados à comunidade jovem, a Quíron participou no momento da geração de ideias levando três jovens, que já passaram pelas nossas formações, ouvindo as soluções e retribuindo com feedbacks, percepções e sugestões.

Kleverson, 16 anos, participante do Laboratório ano passado, comentou em uma das mesas: “Não é você que vai até o jovem, é o jovem que vai até você. Então, como você instiga o jovem a buscar a sua solução?”

Jaqueline, 20 anos, participante da formação Jovens Protagonistas em 2014 comenta: “Foi muito inspirador falar com pessoas que estão desenvolvendo projetos sérios e eles ouvirem realmente o que você tem a dizer e a sua experiência, por mais que eles estivessem muito fixo em uma ideia ‘nós vamos fazer isso aqui porque de outro jeito vai dar errado’ e a partir do momento que a gente começava a falar e não impor, mas expor nossas ideias, eles foram pensando diferente e eu consegui ver o quanto as pessoas ficaram chocadas com nossas contribuições.”

Midrian, 24 anos, admite: “no começo a gente estava nervoso porque eram pessoas mais velhas, mas eles estavam super abertos para feedbacks e trocas. Foi incrível ser ouvida e estar do outro lado, porque antes eram nós que estávamos em cima da ideia e agora a gente estava do outro lado da mesa. As perguntas que eram feitas para a gente, eu fiz para o grupo e eles – puxa, nossa, verdade.”

Gisele, organizadora do Global Jam, afirma que a participação dos jovens foi primordial. “Vários participantes falaram – nossa! Foi a melhor coisa! Porque abriu a cabeça, abriu e fechou a ideia. Foi excelente e fiquei bem feliz que eles vieram.” Ana Luíza, da Assessoria Especial da Juventude do Estado, comentou que os jovens ajudaram muito na construção da persona e inclusive quer convidar um dos jovens para ajudar em um projeto do Estado de construção de uma rede de jovens em Almirante Tamandaré, região metropolitana, na qual o jovem reside.

Yuri, facilitador do Global Jam, comenta que o surpreendente foi o empoderamento do jovem a partir do momento em que se é ouvido e da capacidade que eles tinham de se posicionar e comentar a própria visão de mundo.

A Quíron agradece a todos do Global GovJam Curitiba pelo convite feito para colaborar e agradece aos jovens pela contribuição nas soluções desenvolvidas. Estamos muito orgulhosos <3.

Gostou? Curta, compartilhe e comente!